O Planeta TV

Momentos decisivos: confira novos desfechos de Amor à Vida

Ninho e Aline serão punidos no último capítulo da novela.

por Redação, em 18/01/2014

O último capítulo de Amor à Vida, o de número 221, será exibido no próximo dia 31. Para o final de sua novela, o autor Walcyr Carrasco promete muita ação e emoção, com a punição para os vilões.

Confira abaixo alguns dos finais da novela das nove da Globo:

Nikko e Félix

O ex-vilão faz uma proposta ao sushiman. “Um dia você disse que iria comigo para qualquer lugar que eu escolhesse, que a gente podia montar um restaurante japonês na paria. Tem certeza disso?”, indaga. Nikko confirma: “Vou para onde você for. Não vou deixar você ir embora sem mim”. Félix, então, conversa com a mãe e diz que quer ir para casa de praia da família e que levará César: “Eu vou cuidar do meu pai”.

César

O médico começa a recuperar a visão, mas tem um AVC, ficando com o lado direito do corpo paralisado. Isso acontece após Aline dizer que tem nojo dele e cuspir em sua cara, durante conversa na cadeia. César terminará a novela sob os cuidados de Félix e Nikko.

Paloma, Paulinha e Bruno

A médica (Paolla Oliveira) e o corretor (Malvino Salvador) renovam os votos numa cerimônia na mansão dos Khoury. “Hoje é um dia muito especial para mim. Vamos receber a nossa bênção”, diz Bruno. “Não estou tão feliz só por causa da festa. Tenho uma surpresa para você”, afirma Paloma. Após a celebração, a pediatra revela ao marido: “Não somos só nós três, tem mais alguém a caminho”. Paulinha (Klara Castanho) grita: “Vou ter um irmão ou uma irmã!”. E Bruno, emocionado, diz que Paloma o fez o homem mais feliz do mundo.

Wagner e Edith

A estilista aceita se casar com Herbert (José Wilker), mas desiste do compromisso na hora da cerimônia. “Não vou assinar. Não gosto de você. Eu me vendi a vida toda, para quê dar mais um golpe?”, diz Edith (Bárbara Paz), que assume seu amor por Wagner (Felipe Titto) e sai correndo com o amante. Os dois vão direto para um motel.

Michel e Patrícia

Finalmente, a bela (Maria Casadevall) tem em mãos o resultado da paternidade de seu filho. Michel (Caio Castro) toma o envelope, abre e sorri aliviado. “É meu. Vamos ter um filho nosso!”, brada o médico. “Nunca pensei que iria me casar de novo, ter filho...”, diz Patrícia. O endocrinologista comemora: “Sou o homem mais feliz do mundo.”

Carlito e Valdirene

Palhaço (Anderson Di Rizzi) realiza o sonho de levar sua Delícia (Tatá Werneck) ao altar. Nervoso com a demora, Márcia (Elizabeth Savala) explica que ela está amamentando Marijeyne e que já vai entrar. A periguete é embalada ao som do funk e o padre ameaça não casá-los. Mas os convidados, já se requebrando, gritam: “Casa, casa!”. E assim é feita a vontade de todos e a felicidade do casal.

Natasha e Thales

Os dois se casam em um cartório, sob as bênçãos de Lídia (Angela Rebello), que diz: “Nunca pensei que ficaria feliz com o casamento de vocês”. Ao ouvir o “casados” do juiz de paz, a ruiva (Sophia Abrahão) diz “finalmente”. Como a herança está resolvida, eles comprarão uma casa. “Vamos ser felizes, meu amor”, afirma o escritor (Ricardo Tozzi).

Ninho e Aline

O ex-hippie (Juliano Cazarré) sobrevive às facadas desferidas pela amante (Vanessa Giácomo), passa por uma acareação com ela e revela todos os seus crimes. Aline tenta se defender, eles discutem, mas acabam encarcerados. “Você vai virar mulherzinha na prisão”, grita ela para Ninho.

Com informações do jornal O Dia.



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Julio Almeida comentou:

Tinha todos os ingredientes para ser perfeita e gerar muita polêmica. Mas o autor cagou a história e na segunda semana o enredo foi ficando uma droga.

bigbig comentou:

Nem um pouco inovador! Casamentos, gravidezes, prisões, mortes, apenas mais do mesmo, principalmente em uma novela do Walcyr! O único final que achei interessante foi o do Félix e do Niko cuidando do César, o resto sempre na mesmice! O núcleo protagonista (ou que era pra ser) conseguiu ser o mais tosco e previsível da novela. Paloma e Bruno, dois caretões, devem ficar juntos mesmo. Klara Castanho, uma das melhores atrizes mirins que já vi, também com um papel chato, que era pra ser o centro da novela, e acabou mais apagado que vela ao vento! Eu ainda gostaria de dizer "Resta esperar Em Família", mas também parece ser o mesmo sonífero das antigas do Maneco!

huchu comentou:

Eu amei a novela mto boa mostrou um pouco de tudo preconceito,amor,vingança,traiçao rudo gostei mto parabens walcir

hilter comentou:

Amor A Vida com 48 pontos nem acredito '-'

Veja também

Publicidade