O Planeta TV

Rodrigo Santoro diz ter sofrido rejeição do público por papel de travesti em "Carandiru"

"Foi muito difícil", revela o ator.

por Redação, em 19/06/2022
Publicidade

Foto: Reprodução/IMDb

Na véspera do Dia do Cinema Brasileiro, o Altas Horas deste sábado, 18/6, reuniu um timaço de atores no programa dedicado à sétima arte. Rodrigo Santoro foi um dos convidados.

Com 51 filmes no currículo em 22 anos de carreira, o ator relembrou uma personagem emblemática: a travesti Lady Di, do premiado longa “Carandiru” (2003). Na história, ela se casa com o enfermeiro Sem Chance, vivido por Gero Camilo.

Em papo com Serginho Groisman, Santoro contou que na época do lançamento do filme ele sofreu rejeição por parte do público, por conta do papel.

“É um trabalho muito emblemático na minha jornada. Quando estreou, eu fui ao cinema para olhar a reação das pessoas. Estavam me dizendo que algumas iam embora na hora do casamento da Lady Di. Acho que não conseguiam lidar com aquilo, talvez por eu ter trabalhado na televisão por muito tempo... Então eu vi, pelo menos, umas 20 pessoas saindo do cinema."

"Nesse sentido, foi muito difícil, por causa também da questão do galã de televisão, e piadas... A gente está falando de 2002, estava em outro mundo... Foi um desafio que encarei com muito respeito, fiz muita pesquisa, mas causou repulsa. Lidei com tudo isso e não foi fácil, mas eu tenho muito orgulho desse trabalho. Foi muito muito forte”, comentou Santoro.

Ele também mencionou alguns atores internacionais que já contracenou: Jim Carrey, Will Smith e Cameron Diaz estão entre os colegas de trabalho do artista brasileiro.
 


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade