O Planeta TV

'Beleza Pura' chega ao fim com atuações de destaque

por jeferson, em 06/09/2008

'Beleza Pura' chega ao fim com atuações de destaque

Beleza Pura se destacou pela quantidade de personagens populares. A começar pela destrambelhada e pouco perspicaz Rakelli, de Ísis Valverde. Com estilo histriônico, expressões exageradas e tipo ingênuo, a atriz galgou novo patamar como atriz na Globo. O mesmo aconteceu com Mônica Martelli, na pele de Matheus, que chegou a seduzir o durão Renato, de Humberto Martins e, em cenas divertidas, deixou o machão confuso com sua opção sexual. Dentre risadas e personagens leves, a trama não teve muitos ingredientes que se destacassem como boas soluções dramatúrgicas. Contudo, a trama de Andréa Maltarolli, supervisionada pelo experiente Silvio de Abreu, cumpriu sua função de novela das sete.
O casal protagonista, Regiane Alves e Edson Celulari, no entanto, acabou ofuscado pelos demais núcleos. Mesmo assim, Regiane Alves mostrou que pode interpretar com veemência papéis que fogem da vilania, apesar de sua Joana não ter o mesmo charme de Dóris - sua personagem mais marcante, que interpretou na novela Mulheres Apaixonadas, de Manoel Carlos.

Com um elenco pequeno e bem afinado, ficou fácil destacar atores até então pouco conhecidos do público. Letícia Isnard, que vivia uma lésbica em Minha Nada Mole Vida, por exemplo, destacou-se na pele da empregada onipresente Meu Bem. Com simplicidade, a atriz roubou várias cenas e arrancou boas risadas. Outro papel marcante foi Betão, interpretado pelo paulistano Rodrigo Lopéz, que desde o início acertou no tom de seu personagem. Com as extravagâncias comedidas, o ator conseguiu interpretar um gay de forma inteligente e convincente, sem cair nos estereótipos vistos em outras tramas.

Além das revelações, a trama apresentou tantos truques de comédia que muitas vezes as cenas pareciam esquetes. Os experientes Maria Clara Gueiros e Bruno Mazzeo, peritos no humor, protagonizaram inúmeras e hilárias situações, como já era de se esperar. Já Leopoldo Pacheco, que faz seu primeiro papel cômico na TV como o atrapalhado Raul, foi uma agradável surpresa.

Com 28 pontos de média no Ibope, a trama das sete esteve sempre tão pueril que seus personagens sem grandes conflitos e suas cenas inverosímeis não foram suficientes para que Beleza Pura estourasse.

Beleza Pura - Globo - segunda a sábado, às 19h.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também