O Planeta TV

TV Globo recorda uma vitória dramática de Senna

E ainda: uma goleada da seleção brasileira feminina na final do Pan de 2007.

por Redação, em 05/05/2020

Foto: Divulgação/TV Globo

Dois momentos especiais do esporte brasileiro, com festas inesquecíveis na pista de Interlagos e no gramado do Maracanã. No domingo, dia 10, a TV Globo recorda, no 'Esporte Espetacular', a primeira vitória de Ayrton Senna no GP do Brasil de Fórmula 1, uma das mais dramáticas da carreira da lenda do automobilismo. E no horário tradicional do futebol, traz de volta as emoções da partida que valeu a medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro. As duas transmissões têm narrações originais de Galvão Bueno.

A vitória de Ayrton Senna em Interlagos foi épica. Em 24 de março de 1991, três dias após completar 31 anos, ele largou na pole-position e dominava a corrida, dando indícios de que venceria pela primeira vez no Brasil com certa facilidade. Depois que o inglês Nigel Mansell saiu da disputa, quando estava na segunda posição, a certeza aumentou, já que o brasileiro tinha mais de 40 segundos de vantagem para o italiano Ricardo Patrese. Mas nas voltas finais a McLaren de número 1 começou a ter problemas no câmbio e foi perdendo as marchas gradativamente, até ficar apenas com a sexta funcionando. Para não deixá-la escapar e ver o carro parar no meio da pista, Senna ficou com uma das mãos no câmbio, que na época era manual, e a outra, no volante. Rapidamente Patrese tirou a diferença, mas o brasileiro conseguiu, com esforço incomum, segurar a primeira posição e explodiu de felicidade no rádio após cruzar a linha de chegada. Era o fim do tabu.

No futebol feminino, o feito também foi imenso. As americanas eram as atuais campeãs olímpicas, derrotando justamente as brasileiras na final, em 2004. Mas desta vez a história foi diferente. Marta estava inspirada naquele 26 de julho de 2007. Fez dois gols de pênalti e deu duas lindas assistências. Uma atuação digna de quem foi eleita seis vezes a melhor do mundo. A camisa 10 acabou como a artilheira da competição, com 12 gols.

Com informações da Comunicação Globo



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade