O Planeta TV

Denise Fraga fala de Júlia, sua personagem em "Um Lugar ao Sol"

A personagem da atriz foi apresentada ao público na semana passada.

por Redação, em 22/01/2022
Publicidade

Denise Fraga. Foto: TV Globo/Divulgação

Cantora fracassada e com problemas com o alcoolismo, Júlia (Denise Fraga) sempre foi uma ausência física, emocional e financeira na vida do filho, Felipe (Gabriel Leone). Tanto que o jovem tem a avó, Ana Virgínia (Regina Braga), como principal referência. A psicanalista tenta proteger o neto das atitudes inconsequentes da mãe dele. "O vício tirou da Júlia coisas preciosas, como a proximidade do filho. Mas ela é uma personagem bonita, que tem outras camadas além do problema com o álcool, e que, apesar de tudo, tenta manter o otimismo", define a atriz Denise Fraga.

A personagem de Denise começou a aparecer no capítulo do dia 10 de 'Um Lugar ao Sol'. Julia aparece quando Felipe a procura para contar que está indo estudar em Paris. A cantora e o filho conversam, e ela aproveita o encontro para pedir a ajuda financeira dele com o disco que está tentando gravar. Júlia jura a Felipe que parou de beber e que quer recomeçar, fazendo tudo diferente de agora em diante. Quem não vai gostar nada dessa história é Ana Virgínia.

"Acho que tem uma particularidade do texto da Lícia que é os personagens falarem muito sobre si com uma clareza muito grande. Eu acho que isso dá voz para muita gente", elogia Denise, que nos últimos anos esteve longe das novelas. "Os convites que eu tive nos últimos anos batiam com as temporadas que eu estava fazendo no teatro. Ter dado certo agora, com a Lícia, com o Maurício Farias e com esse elenco, me deixa muito feliz", comemora.

‘Um Lugar ao Sol’ é uma novela criada e escrita por Lícia Manzo com direção artística de Maurício Farias. A obra é escrita com Leonardo Moreira e Rodrigo Castilho, com colaboração Carla Madeira, Cecília Giannetti, Dora Castellar e Marta Goés. A direção geral é de André Câmara e direção de Vicente Barcellos, Clara Kutner, João Gomez, Pedro Freire e Maria Clara Abreu. A produção é de Andrea Kelly e a direção de gênero de José Luiz Villamarim.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade