O Planeta TV

No quesito audiência, o início da reprise de "A Força do Querer" deixa a desejar

A novela, ainda, não repete o fenômeno do passado.

por Redação, em 13/10/2020

Foto: Divulgação/TV Globo

A terceira semana de exibição da reapresentação de “A Força do Querer” registrou 29 pontos de média, segundo dados apurados na Grande São Paulo. A novela vem oscilando entre 29 e 30 pontos, exceto aos sábados.

“A Força do Querer” está tendo um início desanimador para quem apostava que ela venceria, facilmente, a média de sua antecessora, “Fina Estampa” (33 pontos).

A Globo vem editando os capítulos e já abriu uma semana de frente. Se continuar nesse ritmo, a reprise da obra de Gloria Perez será breve.



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Tere comentou:

Exibição original: 30.5 pontos nas 3 primeiras semanas. Reprise: 29. Ou seja uma reprise com 1.5 a menos quee a inédita. Vai subit mais ainda. FE pegou toda a quarentena e foi beneficiada


Gustavo Monte Guimaraes respondeu:

Vai subir mas não vai ser que nem em 2017. No máximo que fecha é com 33. Não vai superar Fina Estampa.


Filipe comentou:

Na exibição original, a parte da novela em que a Bibi virou a maior protagonista me irritou tanto por causa da direção que eu tinha esquecido como o começo da novela é agradável. É uma pena que, justo no começo, não esteja dando uma audiência satisfatória. Papinha é assim, começa bem e vai carregando nos vícios de direção. A meu ver, o voo solo de Pedro Vasconcelos dá indícios de que ele temperava os excessos de Papinha até certo ponto, porque a direção de Espelho da Vida foi excelente, direção comedida.

Adriana Santos comentou:

A novela foi exibida recentemente, ainda está fresca na memória do telespectador.Deviam ter reprisado uma novela um pouco mais antiga
Por isso Fina Estampa teve mais audiência....

Heitor comentou:

" A força de querer" está anos-luz de Fina Estampa em qualidade mas foi equivocada a sua reprise. Alguns fatores podem estar contribuindo para a baixa audiência: Ser muito recente e não ter uma pegada de humor como Fina Estampa que dava uma espairecida depois das notícias ruins do Jornal Nacional. Ao invés de ter lançado Tieta no Globoplay deveria ter ousado fazendo uma edição especial para o horário.

Veja também

Publicidade