O Planeta TV

"A Favorita": Lara tenta matar Flora no último capítulo

por jeferson, em 08/01/2009

"A Favorita": Lara tenta matar Flora no último capítulo

Com informações da jornalista Regina Britto, do Jornal O Dia:

No último capítulo, Flora descobre que Donatela e Zé Bob vão passar a lua-de-mel na casa do Guarujá. Ao acordar, os dois dão de cara com a megera, que os ameaça com a arma. Donatela diz para Flora esquecer deles e fugir, mas ela se recusa: "Nem que quisesse, poderia. Se eu fugir, quem vai ficar com você? Não, minha irmãzinha, não posso deixar você só. Tenho que cuidar de você".

Irene, Lara e Silveirinha, já sabendo que Flora descobriu o paradeiro dos noivos, seguem para o Guarujá de helicóptero com um segurança. Donatela diz que Flora não vai ter coragem de matá-la, mas a outra destrava o gatilho. Zé atira a tampa da bandeja na testa de Flora e a derruba. Puxa Donatela e corre, mas Flora acerta um tiro nas costas dele.

A cena do assassinato de Marcelo se repete: Flora, implacável, diz que fará igual com Zé. Donatela se põe na frente. Flora mira nela e, quando vai atirar, escuta o helicóptero: "Então a cavalaria chegou pra te salvar? Tudo bem, melhor ainda. Aproveito e faço um serviço completo".

Lara, Silveirinha, Irene e o segurança entram já apontando a pistola para Flora. Lara pede que ela abaixe a arma ou atire nela. Nisso, Irene saca o revólver que tinha na bolsa, mas é desarmada por Flora. Lara se revolta, pega a arma do segurança e mira em Flora: "Se você não atirar em mim, eu atiro em você. Não é comigo o seu problema? Então, aponta essa arma pra mim".

Flora: "Atira, filhinha. Atira que você vai ser uma assassina que nem eu". Lara atira. O tiro a acerta no ombro de Flora, que cai. Lara avança e vai dar um segundo tiro: "Me mata. Filha assassina. Eu não disse que a sua vida estava atrelada à minha? Você é uma assassina, igual a mim. Agora vai". Ela encosta a cabeça no cano da arma de Lara. "Mata a sua mãe", grita Flora.

Lara abaixa a arma. "Não. Eu não sou uma assassina feito você". Irene a abraça. Donatela diz: "Eu sabia que você não ia atirar. Você é minha filha. Minha".

Créditos: O Dia.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também