O Planeta TV

Confira as sinopses e elenco provisório das próximas novelas da Globo e Record

E mais: A antecipação de Falso Brilhante, sucessora de Em Família.

Por: Jeferson Cardoso

Depois de um ano, chegou ao fim a parceria com Portal R7, que ainda segue com o grupo ClickGratis. O Portal OPTV estava perdendo a sua característica, e, infelizmente, tive que abrir espaços para reportagens surreais, como a da sunga do Caio Castro, dentre outras. Uma vergonha, concordo. Estava desanimado; e o site perdendo seu foco. Ainda bem que eu percebi a tempo. Enfim, o que importa é o futuro, e a essência do OPTV será mantida, com notícias direcionadas para os bastidores da TV. Em breve, novidades.

Declaração de Caio Castro

Sobre a polêmica declaração de Caio Castro, gostaria de dar minha humilde opinião: Toda a repercussão é hipocrisia do meio artístico, que deveria criticar as emissoras de TV que cada vez mais cedem espaço para "atores" que nunca fizeram curso de interpretação. Caio é coerente em sua declaração (não gosta de ir ao teatro e lê por obrigação) já que foi revelado num concurso do Caldeirão do Huck. Não gostar de ir ao teatro, não significa que ele não vai, e sim que não é seu hobby. Pode ser também que a sua vontade seja fazer apenas televisão. Qual o problema? Nenhum. As pessoas deveriam saber respeitar a opinião alheia. 

Antecipação de Falso Brilhante

A Globo deve oficializar nessa nemana a antecipação da estreia de Falso Brilhante. A novela de Aguinaldo Silva deve estrear no dia 28 de julho. Se verdade, a emissora realiza o desejo de Manoel Carlos. "Quando aceitei fazer a novela, pedi que tivesse não mais de 150 capítulos", lembra Maneco.

Inicialmente, a Globo trabalhava com a ideia de que Em Família tivesse 179 capítulos, e de que seu último capítulo fosse exibido na primeira semana de setembro.

É preciso deixar bem claro. Em Família não será encurtada por conta de sua audiência, que está abaixo do desejado pela emissora, e sim a pedido do autor. 

As novelas de 2014

Como prometido, segue um resumo da sinopse das próximas novelas da Globo e Record, e o elenco provisório (ESSA INFORMAÇÃO FOI RETIRADA PORQUE MUITOS DOS NOMES NÃO PASSAM DE ESPECULAÇÕES) de cada uma.

Geração Brasil

Novela de Izabel de Oliveira e Filipe Miguez, com direção geral de Denise Saraceni.

O expert em tecnologias Jonas Marra (Murilo Benício) deixou o Brasil há 20 anos, abandonando uma vida e toda a sua família; conheceu a atriz americana Pâmela Parker (Cláudia Abreu), com quem se casou. O homem enriqueceu através de sua profissão, se tornando famoso e bastante conhecido no mundo todo.

Pâmela Parker é uma excêntrica atriz, filha do dono da Parker TV, ficou conhecida após atuar em um seriado, em que destruía seres alienígenas, e expressava o seguinte bordão 'cabunga'. Pâmela é mãe de Megan (Isabelle Drummond), uma menina que só se envolve em confusões e namoros midiáticos. A patricinha será alvo de Alex (Fiuk), um jornalista que seduzirá a moça, somente para se infiltrar na família Marra Parker, e descobrir os podres deles.

A vida de Jonas mudará completamente, quando o próprio decidir transferir suas empresas para o Brasil, causando um grande alvoroço na história. Ele lança um reality show com o intuito de encontrar o novo CEO de sua empresa. Entre os participantes estão Davi (Humberto Carrão), Manuela (Chandelly Braz), Danilo (Miguel Roncato), Tatiana (Laura Prado), Zac (Thiago de los Reyes), Vicente (Max Lima), Ernesto (Felipe Abib), Bóris (Flávio Pardal) e Hana (Larissa Murai).

Os jovens Davi e Manuela se conhecem antes do reality, através de um jogo virtual onde utilizam perfis fakes. Davi foi abandonado em uma ONG, e foi criado por Rita (Gisele Fróes) e Herval (Ricardo Tozzi); já a recifense Manuela (Chandelly Braz) vive no sufoco, com as crises de bipolaridade do irmão Igor (Samuel Vieira). Ela se verá atraída pela oportunidade de trabalho e sucesso nos Estados Unidos oferecida pelo caça talentos Domênico (Joaquim Lopes), e "perseguirá" Jonas em busca de uma chance.

O grande conselheiro e braço direito de Jonas é Brian (Lázaro Ramos). Ele ficará do lado do chefe quando este conhecer Verônica (Taís Araújo), uma jornalista que precisou largar a profissão para se dedicar ao filho. Quando se conhecem em uma feira de tecnologia no Brasil, acaba rolando um clima entre os dois. Além do desafio de encontrar um gênio e reencontrar a família, Jonas ainda terá que abrir mão de muita coisa - inclusive de Pâmela - se quiser viver o amor com Verônica. 

Tecnologia, paixão, romances, fofocas e outros completam a trama de Geração Brasil, nova das sete, escrita por Izabel de Oliveira e Filipe Miguez, a mesma dupla que escreveu Cheias de Charme.

Elenco:

Murilo Benicio (Jonas), Claúdia Abreu (Pâmela), Chandelly Braz (Manuela), Isabelle Drumond (Megan), Joaquim Lopes (Domenico), Lazaro Ramos (Brian), Nando Cunha (Dante), Miele (Jack), Johnny Hooker (Thales), Debora Nascimento (Maria Vergara), Claudio Mendes (Moreira), Luís Miranda (Dorothy), Leandro Hassum (Barata), Tais Araújo (Veronica), Julia Konrad (Janaina), Marcelo Airold (Elias), Marilia Martins (Debora), Titina Medeiros (Marisa), Bernardo Marinho (Vander), Sergio Maciel (Nacho), Antônio Fragoso (Edimilson), Theodoro Cochrane (Gaspar), Renata Sorrah (Glaucia), Jessica Ellen (Alice), Rodrigo Pandolfo (Shin Shoo), Ricardo Tozzi (Herval), Nando Cunha (Dante), Marcelo Airold (Elias), Nado Grimberg (Tommy Lee), Larissa Murai (Hana), Laura Prado (Tatiana), Fabio Nepo (Bira), Debora Lamm (Jojo), Valentina Bandeira (Vanusa), Mitsu Kuzame (Helio), Monica Torres (Susana), Ana Terra Blanco (Luene), Gustavo Henzel (Adriano), Fiuk (Alex), Susana Ribeiro (Sandra), Samuel Vieira (Ygor), Alexandre Davi (Caolho), Luiz Carlos Vasconcelos (Fred), Fagundes Emanuel (Mosca), Aracy Balabanian (Iracema), Thiago de los Reyes (Zac), Miguel Roncato (Danilo), Danilo Santos Ferreira (Mathias), David Junior (Will Smith), Max Lima (Vicente), Flavio Pardal (Boris), Felipe Adib (Ernesto), Ellen Rocche (Ludmila), Gisele Fróes (Rita), Elisa Pinheiro (Lara), Andrea Dantas (Valdeci), Arlindo Lopes (Chuck Murphy), Luiz Henrique Nogueira (Silvio)... entre outros.

Estreia: 12 de maio, substituindo Além do Horizonte.

Falso Brilhante

Novela de Aguinaldo Silva, com direção geral de Rogério Gomes.

O protagonista de Falso Brilhante, título provisório, é um pobre que fica rico, no fim da década de 1980. É um milionário que enriquecerá ao achar uma mina, mas não deixará os trejeitos de quando era pobre. O tempo passa, e esse homem, interpretado por Alexandre Nero, continuará rude, e casado com uma mulher finíssima, Maria Marta (Lília Cabral), de família tradicional, com quem tem três filhos.

A fase de 1989 dura apenas uma semana, o suficiente para que o protagonista fique rico. E mais: a novela vai mostrar um personagem gay diferente de todos que já foram abordados em novelas.

"Todos que leram a sinopse até agora fizeram o mesmo comentário: 'é um novelão!' Isso mesmo, é um novelão como não se fazia há muito tempo, e é o que eu quero fazer agora, porque acho que é a bola da vez. Nada de firulas. Por minhas mãos o bom, velho e sempre eficiente folhetim terá sua vez de novo. Uma trama de arrepiar os cabelos, sem medo de parecer absurda demais, capaz de, no seu desenrolar, ir até as ultimíssimas consequências: é isso que lhes prometo", garante Aguinaldo Silva.

A sinopse, que foi entregue recentemente, ainda é mantida em sigilo.

Estreia: 28 de julho, substituindo Em Família.

Atenção: Quem interpretará a mocinha: Nanda Costa, Leandra Leal ou Flávia Alessandra? Isso ainda é um mistééééério!

Meu Pedacinho de Chão

Novela de Benedito Ruy Barbosa, com direção geral de Luiz Fernando Carvalho.

A novela narra a história da professora Juliana (Bruna Linzmeyer) que chega à cidadezinha para ensinar as crianças e se depara com um povo humilde, mas acuado com os desmandos do coronel Epaminondas (Osmar Prado), um homem arrogante que resolve tudo no grito e nas armas, e que dita às regras na região. A professora é cortejada por Fernando (Johnny Massaro), filho do coronel, um playboy mau caráter que voltou da capital onde torrou toda a grana que o pai lhe mandava para os estudos. Ao mesmo tempo, Juliana conhece o amor altruísta do peão Zelão (Irandhir Santos), sempre disposto a protegê-la do assédio de Fernando.

Em meio à guerra que se forma no vilarejo, as crianças Pituca, Serelepe e Tuim vivem suas aventuras num mundo à parte, longe das preocupações e interesses dos adultos. A menina Pítuca (Geytsa Garcia) é Liliane, filha mais nova do coronel Epaminondas. E os meninos Serelepe e Tuim, são agregados na fazenda, e por isso o coronel não vê com bons olhos a amizade pura entre sua filha e os dois garotos.

"Meu Pedacinho do Chão" deve ser uma das novelas mais curtas produzida às 18h. A previsão é de 120 capítulos. 

Elenco:

Bruna Linzmeyer (Juliana), Johnny Massaro (Fernando); Antonio Fagundes (Giácomo); Juliana Paes (Madame Epa); Rodrigo Lombardi (Pedro Galvão); Bruno Fagundes (Renato); Irandhir Santos (Zelão); Osmar Prado (Coronel Epaminondas); Paula Barbosa (Gina); Inês Peixoto (Dona Tereza); Dani Ornellas (Amância); Tomas Sampaio (Serelepe); Emiliano Queiroz (Padre Santo); Kaue Ribeiro de Souza (Tuim); Teuda Bara (Mãe Benta); Flavio Bauraqui (Rodapé); Raul Barreto (Izidoro); Ricardo Blat (Prefeito); Evandro Melo (Secretário do Prefeito);
Cintia Dicker (Milita); Alice Coelho (Lurdes); Geytsa Garcia (Pituca); Gabriel Sater (Viramundo); Alex Brasil (Jonas); Fernando Sampaio (Marimbondo)

Estreia: 7 de abril, substituindo Joia Rara.

Saber Viver

Novela de Rui Vilhena, com direção geral de Ricardo Waddington.

A novela será ambientada em duas fases. A primeira, na década de 50, acontecerá a troca de duas crianças, ainda na maternidade, por uma vilã cruel, Suzana, interpretada por Giulia Gam. A megera se sente traída ao saber que o seu amante Fernando, engravidou a mulher Carlota, e que ele não irá mais se separar. Revoltada, Suzana arma um plano para que Carlota não conviva com sua filha.

Sandra (Isis Valverde) e Vitória, são as meninas trocadas. Sandra, verdadeira filha do casal de ricaços, cresce e se torna uma mulher humilde, criada por um casal pobre. Enquanto, Sandra, criada pelo casal, se torna uma mulher fútil e mimada.

Estreia: setembro, substituindo Meu Pedacinho do Chão.

Atenção: Surgiram rumores de que Caio Castro pediu para não fazer a novela. Essa informação, por enquanto, não é oficial. 

Búu

Novela de Daniel Ortiz e supervisão de texto de Silvio de Abreu; com direção geral de Jorge Fernando

O que a Globo espera de Búu, uma das próximas novelas do horário das sete, que entra após Geração Brasil? A sinopse ainda é desconhecida, mas a ideia central, baseada num argumento de Andrea Maltarolli, é uma comédia romântica e terá como protagonista um médico médium que fala com os mortos. Esse personagem será vivido pelo ator Rafael Cardoso, que formará par romântico com Grazi Massafera. Enquanto, o vilão será de Sergio Guizé, filho de Edson Celurari e Christiane Torloni na história.

A trama originalmente se chamaria Múu. O nome era alusivo a uma vaca que cairia do céu, mas como o roteiro ganhou nova forma pelas mãos de Daniel Ortiz, a vaca sumiu. E, como há fantasmas na trama, ela acabou sendo rebatizada de Búu.

Para a novela Jorge Fernando escalou atores do seu humorístico fracassado, o Divertics.

Estreia: prevista para novembro, substituindo Geração Brasil.

Vitória

Novela de Cristianne Fridmann, com direção geral de Edgard Miranda.

A história principal de Vitória, ambientada em Petrópolis, no Rio de Janeiro, gira em torno de Artur (Bruno Ferrari), filho de Clarice (Beth Goulart) e Gregório (Antônio Grassi), que sofreu um acidente quando criança e fica paraplégico. Após a tragédia, seus pais se separam e o menino cresce acreditando que foi rejeitado pelo pai, que formou uma nova família. Já adulto, ele decide se vingar e ao, descobrir que não é filho biológico de Gregório, coloca seu plano em ação. Ele seduz Diana (Thais Melchior), supostamente sua meia-irmã, só para fazer o pai sofrer ao acreditar que os filhos estão vivendo um romance. A vingança do jovem cai por terra quando ele se apaixona de verdade pela garota. Artur precisa decidir se vive seu grande amor ou continua a alimentar a mágoa por Gregório.

Priscila (Juliana Silveira) é a vilã da história. É uma neonazista, que defende os planos de Adolf Hitler, junto ao seu grupo, formado por Paulão (Dado Dolabella), Bárbara (Liege Muller) e Enzo (Raphael Montagner). Os quatros vivem juntos em uma república universitária no Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, situado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O grupo agride homossexuais, negros, índios e nordestinos, por não estarem de acordo com seus pensamentos.

Há ainda o núcleo do Centro de Treinamento do Haras Vitória, onde a veterinária Renata (Giselle Itié) trabalha. Ela perde sua casa em uma enchente em Petrópolis, e passa a viver com o marido na casa de seus pais. É uma mulher trabalhadora e sofre assédio sexual do seu chefe imediato, Jorge (André Di Mauro). 

Vingança, neonazismo, incesto, assédio sexual e muitos outros temas polêmicos envolvem Vitória, próxima novela da Record.

Elenco: Alessandra Loyola, André Di Biase, Antônio Grassi, Beth Goulart, Bruna Di Túlio, Bruno Ferrari, Caio Junqueira, Camila Avancini, Carla Diaz, Dado Dolabella, Daniel Aguiar, Gabriel Gracindo, Giselle Itié, Gustavo Ottoni, Heitor Martinez, Iris Bruzzi, Jonas Bloch, Juliana Silveira, Leonardo Brício, Leonardo Vieira, Letícia Medina, Liége Muller, Luciana Braga, Lucinha Lins, Mariana Hein, Nina de Pádua, Paulo César Grande, Rafaela Mandelli, Raphael Montagner, Ricardo Ferreira, Ricky Tavares, Roberta Gualda, Rocco Pitanga, Silvio Guindane, Thaís Melchior.

Estreia: em maio, substituindo Pecado Mortal.

O Rebu

Novela de George Moura e Sérgio Goldemberg, com direção geral de José Luiz Villamarim.

Com uma narrativa diferente da tradicional, o folhetim, produzido em 1974, chamou muita atenção na época de exibição por instaurar um grande mistério. A novela começa com um assassinato durante uma festa. Um corpo é encontrado boiando na piscina. A vítima não é apresentada ao público. E, na manhã seguinte à festa, começam as investigações sobre o assassinato, que é desvendado através de cenas de flashbacks.

De quem é o corpo que está boiando na piscina? Quem o matou? E por que matou? Esses são os principais mistérios de O Rebu.

O remake será produzido em 40 capítulos.

Estreia: prevista para o segundo semestre, entre agosto e setembro.

Expectativas

Bom, estou bastante animado com teledramaturgia esse ano. Teremos boas histórias e ótimos roteiristas. Finalmente, o remake de Benedito Ruy Barbosa sai da gaveta. Meu Pedacinho do Chão tem uma história simples, mas com os pés no chão. Gosto do estilo do autor, que não é ágil - mas tem um texto e romances agradáveis, e sinto falta de uma trama rural às 18h. Espera que essa novela resgate e encante o verdadeiro público da faixa, as donas-de-casa.

Geração Brasil, com certeza, fará sucesso. Afirmo isso, sem medo de errar, porque Izabel de Oliveira e Filipe Miguez escrevem para todas as classes. Com base na sinopse, é possível perceber que eles estão com todos os ingredientes para o sucesso. São autores que conseguem prender a atenção do telespectador do inicio ao fim do capítulo. Claro, não espero a mesma audiência de Cheias de Charme, de 30 pontos, mas, no mínimo, 25 pontos de média geral. Dessa novela, apenas uma coisa me incomoda: a repetição de elenco. Uma bobagem, nada que uma mudança de visual não resolva. Mas não é bom ver sempre os mesmos rostos nas novelas, isso cansa.

Quanto a Falso Brilhante, espero apenas que Aguinaldo Silva não repita o erro de Fina Estampa, que foi excelente até o capítulo 70, mas depois... E isso só aconteceu porque ele ficou acomodado com os ótimos índices de audiência. Torcerei para que ele supere o seu próprio recorde, e não apenas a média de Amor à Vida. No mais, estou adorando o elenco. Estou comemorando o nome de Drica Moraes, e espero que se confirme. Quanto a escalação de Alexandre Nero, acho que estou me preocupando à toa. Parece que seu personagem terá um tom de comédia, e ele é muito bom nisso.  

A sinopse de Vitória, de fato, é melhor de todas. Uma pena que será produzida na Record, que não valoriza suas produções. Enfim, espero que seja exibida às 22h20, após a novela das nove da Globo. Torço e espero que Cristianne Fridman, independente de audiência, nos apresente mais um novelaço. E que essa Vitória seja o carimbo de seu passaporte para a Globo. Amém.

Sobre as demais novelas, ainda é cedo para comentar, já que pouca coisa foi divulgada. A novela do português Rui Vilhena, Saber Viver, e o remake de O Rebu devem ser as gratas surpresas do segundo semestre.

É isso. De novelas, estamos servidos. Gostou? Quais suas expectativas? Deixe o seu comentário. Obrigado e até a próxima. 



Publicidade

Comentários (62) Postar Comentário

Igor Martim Conceição comentou:

Eu vou continuar assistindo Em Família que é muito boa. As outras o que me interessa é O Rebu, que a trama parece ser bastante interessante.

Denise Vilhena comentou:

Não gostei de Geração Brasil. Será mais uma palhaçada desses autores igual Cheias de Charme. Aposto que será um fracasso.

Dessas daí, por hora só curti "Meu Pedacinho de Chão" e "O Rebu".

Júlio comentou:

Odiei Em Família ser reduzida a míseros 149 capítulos enquanto que tivemos que engolir os 221 de Amor à Vida!
Geração Brasil pegará! O Rebu também!
O resto só lamento!


Jeferson Cardoso respondeu:

Isso vai ser bom. Impedirá que as próximas novelas comecem no fim de ano, por exemplo.


Fernando Pinheiro comentou:

Gostei de todas as sinopses, bem diferentes, mas realmente "Vitória" me chamou mais atenção. Mas sinceramente Jeff me incomoda essa tua vontade que a Cristianne Fridman vá para globo. Que eu saiba ela começou no sbt, e teve passagem pela globo, mas ambas não a valorizarão, principalmente a globo, não deu oportunidade ela escrever nenhuma novela, só como colaboradora, e a Record não, a Record apostou nela, mesmo sabendo que poderia ou não ser um sucesso suas novelas, que felizmente ambas foram ótimas. E provavelmente ela também pense assim, por esse motivos ainda não tenha ido para a Vênus Platinada.

Vini Borges comentou:

o rebu vai bombar no som sentido,sim ou concerteza??? kkk

Igor comentou:

Jeff, queria saber se a globo bolou algum esquema em relação de as novelas serem exibidas durante a copa, ja que boa parte da programação provavelmente vai ser dedicada aos jogos. é provavel que alguns capitulos deixem de ser exibidos ou eles terão algum horario em especial?

Bingo comentou:

As novelas este ano estão tops! Espero ansioso por Geração Brasil, Meu Pedacinho de Chão e principalmente O Rebu! Adoro a nova faixa das 23h da Globo, e desde 2011 me apaixono cada vez mais pelos remakes! O que mais me emociona são os atores, os elencos não poderiam ser melhores. É claro, os papeis principais de GB podem até ser repetidos, mas que são ótimos, são! Bem, MPC pode ser uma novela boa, mas estou com uma pulga atrás da orelha quanto às escolhas precipitadas da produção... Além disso, a sinopse é simples e pouco atraente para o público (me refiro ao POVÃO em geral, e não a mim particularmente!). O Rebu tem tudo pra ser uma novela boa, elenco espetacular, enredo inovador, enfim, espero com cada vez mais ansiedade por ela. Bem, Falso Brilhante (tomara tomara tomara que esse título mude), os outros dizem e eu repito: me parece ser um novelão daqueles, muito rico, com uma trama deliciosa, personagens muito carismáticos com nomes excêntricos, e aquele jeitão único do Guina de fazer novelas né gente?! Aliás, Aguinaldo Silva é Aguinaldo Silva! Ponto!
Enfim, era isso que eu tinha a dizer! :) Agora, resta esperar que acabem essas novelas chatíssimas que estão atualmente sendo exibidas nas tardes da Globo... Vem ni mim, doismilecatorze!!

Bingo comentou:

Desculpe mas, não pude deixar de notar: Bastou pôr fim à parceria com o R7 que os comentários passaram a ser publicados instantaneamente? Antes demorava cerca de uma hora para serem publicados, pelo menos no meu PC :)


Jeferson Cardoso respondeu:

Bingo, uma coisa não tem nada a ver com a outra. Os comentários são aprovados por mim, e isso depende de minha disponibilidade. =)


LUCAS comentou:

2014 será um ano de boas novelas na verdade eu fico ansioso por qualquer novela. a novela vitoria eu concerteza irei assistir por ser da exelente autora cristiane fridman so as novelas dela que da pra engolir na record. Já nas novelas da globo eu amo de paixao e acho que sera um bom ano na dramaturgia apenas a novela ''BUU'' cujo titulo é horrivel eu aposto no fracasso nao sei porque mas nada me chamou atençao, o rebu tenho 99,9% de certeza que será sucesso, meu pedacinho de chao irei assistir concerteza porque sou fissurado em novelas de benedito rui barbosa no horario das 18:00 alem de tudo pela simplicidade e por ser uma novela rural adoro novelas rurais, Geraçao brasil eu achei bem interessante mas nao me desse o elenco repetitivo isabelle drummond Humberto Carrão entre outros artistas estao repetitivos principalmente em novelas das sete ascho que a isabelle poderia fazer novelas das 9 ou das 11 é uma novela a atras da outra no horario das 7. Ja Falso brilhante acho que sera bombastica aguinaldo sempre arrasa pena que em fina estampa ele cometeu muitos deslises mas eu confio no sucesso dele, espero a Leandra leal como a moçinha nanda costa nao tem nada a ver e a flavia alessandra ja esta enjuativa em uma novela atraz da outra e sempre com o mesmo visual. Falando da atuis novela eu amei em familia porque acholinda as historias do maneco acho que vai ficar melhor agora com a entrada da Shirley, Giovanna antonelli esta arrasando e a Tainá Müller tambem esta lindissima apesar que eu prefiria a Aline moraes mas acho que a trama so esta no inicio e tera grandes surpresa, Alem do horizonte nao gosto e joia rar muito menos sao totalmentes fracas joia rara imagem escura e nao tem historia empolgante tem atores maravilhosos mas muito atores repetitivos da novela cordel encantado ai fica super chato acompanhar vale a pena ver de novo eu nao assisto por que caras e bocas é muito chata mas nem e por isso porque eu assistia em 2009 mas é muito recente adorarua ver paginas da vida cobras e lagartos torre de babel celebridade porto dos milagres uga uga ou quem sabe laços de familia ou por amor que au tanto amo mas infelismente nao somos nos que escolhemos as novelas reprisadas entao vamos ficar com as novelas do viva no horario da tarde A viagem e historias de amor que sao noverlas lindas e ainda pra fechar a noite com chave de ouro teremos Dancin' Days. MUITO OBRIGADO A TODOS BJOS. DESCONSIDERE OS MEUS ERROS TCHAU.

Leticia vieira comentou:

JEFERSON...O LUGAR DA CRISTIANE FRIDMAN E NA RECORD MESMO...POIS
FOI A UNICA EMISORA QUE A VALORIZOU....OUTRA COISA...LA JA TEM GENTE DEMAIS....LA ELA EMPLACARIA UMA NOVELA DE 5 EM 5 ANOS...NA RECORD E UMA NOVELA POR ANO...ALIAS...O MESMO EU DIGO PRA ESSES ATORES...QUE TIVERAM DESTAQUE NA RECORD E MAL AGRADECIDAMENTE DEIXARAM A EMISORA JUSTAMENTE NUM MOMENTO RUIM QUE ELA ESTA PASANDO....E HOJE ESTAO NA GELADEIRA DA GLOBO...QUANDO NAO ESTAO FAZENDO UMA FIGURACAO DE LUXO.....NAO E VERDADE....


Jeferson Cardoso respondeu:

O lugar dela é na Globo. A Record precisa, e deve, valorizá-la. Talentos como ela, são raros. =)



Doe-me Nutella respondeu:

Concordo contigo Leticia Vieira!


Veja também

Publicidade