O Planeta TV

Paolla Oliveira analisa sua personagem em A Força do Querer

"Meu medo era que ela ficasse dentro dos estereótipos”, revelou a atriz.

por Redação, em 03/05/2017

Foto: Divulgação/Globo

De volta ao horário nobre em A Força do Querer, Paolla Oliveira revelou que não mediu esforços para apresentar uma Jeiza real, distante de possíveis caricaturas. "Meu medo era que ela ficasse dentro dos estereótipos. É fácil colocar coisas nas prateleiras. A policial durona, a lutadora meio masculinizada. Ela tem esse jeito mais descolado, popular, que também podia vir para um estereótipo”, explicou a atriz, que aprendeu o básico do MMA e ainda fez laboratório com o setor da polícia especializado em ação com cães.  

Em entrevista à Giselle de Almeida (UOL), Paolla também destacou o prazer em interpretar uma mocinha que não é passiva na trama de Gloria Perez. “Normalmente as coisas giram em torno dessa pessoa bom caráter como se ela fosse boba. Nesse caso, existe uma estrutura que ajuda muito na história, que faz com que ela seja ativa e não só sofra as reações. Ela é boa filha, é honesta, gosta do que faz, tem paixão pelas relações. Parece com o que eu pelo menos penso que sou”, disse a atriz, ressaltando o ponto fraco da personagem: o coração.

Sobre a aceitação do casal Jeiza e Zeca (Marco Pigossi), Paolla se disse surpresa: " De repente foi acontecendo, foi ficando engraçado. Já shipparam (nas redes sociais)! Casal shippado é casal que deu certo! Se vai até o final é com a Gloria!”, brincou a atriz, que também analisou as diferenças entre a sua personagem e a de Ísis Valverde: “Ritinha tem o encantamento, a ingenuidade. A Jeiza é o oposto, se colocando, dizendo o que quer e o que não quer. Seja qual for o lado que o coração dele (Zeca) mandar, vai estar bem servido”.




Comentários (1) Postar Comentário

Fred comentou:

É incrivel vê que quando se dá oportunidades as pessoas melhoram e muito tanto ela como grazi, viviane araujo merecem todo reconhecimento, ela tá otima nesse papel de geiza.

Veja também