O Planeta TV

Globo e Evaristo Costa discordam sobre valores; jornalista aciona advogado

Contrato termina em outubro.

por Redação, em 08/08/2017

Foto: Divulgação/Globo

A saída de Evaristo Costa da Globo não foi totalmente resolvida. 

Uma discordância entre as partes sobre os valores da rescisão teria levado o jornalista a acionar um advogado trabalhista. Segundo informa Ricardo Feltrin (UOL), Evaristo teria trabalhado durante os últimos 14 anos em regime de Pessoa Jurídica (PJ), detalhe que dificulta o acordo.

Como o contrato entre as partes termina oficialmente em outubro, ainda existe chance de uma solução amistosa. Do contrário, a possibilidade de um retorno do ex-âncora do Jornal Hoje à emissora seria altamente reduzida.

Globo e Evaristo não se manifestaram sobre o caso.





Comentários (2) Postar Comentário

Geraldo comentou:

É o que comentei em outra oportunidade, referente à Carolina Ferraz. Quem ainda sonha em ser Funcionário, se conforme em ser contratado como Prestador de Serviço - CNPJ. É por isto que a Refórma Trabalhista foi um desgaste em vão do Governo com a Sociedade, porque CLT está "agonizando": virando passado/peça de Museu. Como Pessoa Jurídica é pagamento devido até a data em que prestou serviço: sem "delongas". Agora, por questão de pouco mais de um mês, porque não atuou até o último dia, previamente acordado!

Mario comentou:

Num contrato de trabalho, a empresa contrata uma pessoa física,
não existe contrato de trabalho de pessoa jurídica, o que existe é
terceirização.

Veja também