O Planeta TV

Gabriel Braga Nunes fala sobre vilão em Novo Mundo

"Ele é como o pivô no basquete, que fica no meio de campo distribuindo o jogo".

por Redação, em 19/04/2017

Gabriel Braga Nunes. Foto: Divulgação/Gloobo

Logo em sua primeira novela após voltar para a Globo, Gabriel Braga Nunes assumiu o vilão criado para Fábio Assunção e acabou virando um dos grandes destaques de Insensato Coração. Depois de mocinhos e outros personagens de caráter duvidoso, o ator reassumiu a posição de principal representante do mal em Novo Mundo. "Thomas é claramente o vilão da história, assim como foi o Léo, de Insensato Coração. Já o Laerte era um herói mau-caráter. Procuro trazer os melhores motivos para que tenham as atitudes do mal. Tento lançar um lado mais humano e me coloco no lugar desses personagens", disse o ator, em entrevista à Minha Novela.

Gabriel destacou uma característica que diferencia o seu atual personagem dos demais: “Não é o cara que coloca a mão na massa, e sim fica articulando nos bastidores, fazendo as tramas se movimentarem. Ele é como o pivô no basquete, que fica no meio de campo distribuindo o jogo”. Já sobre o pesado figurino de época, o ator revelou: "Por causa do calor, eu tive queda de pressão, fui parar no posto médico. Não tem muito do que reclamar. Tem que enfrentar o clima e gravar".

Gabriel também exaltou o desempenho da mãe, Regina Braga, em A Lei do Amor: "Nunca contracenei com a minha mãe. Fiz teste para o Ciro (vivido por Thiago Lacerda) e quase fui filho dela também na novela. Foi um trabalho muito sensível (como deficiente visual)".

Aos 45 anos, o ator disse: "Eu preferia que o tempo demorasse mais para passar (risos)".





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também