O Planeta TV

“Não posso plagiar a mim mesmo”, diz Aguinaldo Silva após polêmica

"Essa novela vai ser louca", disse o autor sobre O Sétimo Guardião.

por Redação, em 14/07/2017

O autor Aguinaldo Silva. Foto: Divulgação/Globo

Após ser acusado de plágio por um aluno de sua masterclass, Aguinaldo Silva falou sobre o caso: "Acusação absurda e errada! Eu sou um dos autores da história e não posso plagiar a mim mesmo".

Em entrevista concedida à jornalista Regina Rito em Lisboa, o autor deu detalhes sobre o imbróglio envolvendo sua próxima trama, O Sétimo Guardião. "Um único aluno discordou do procedimento, mesmo depois de assinar os documentos cedendo os direitos de uso. O que os alunos pagaram (R$ 4 mil), devolvi com correção monetária (R$ 5 mil). [No total] Paguei 130 mil reais, um ótimo preço; a Globo não pagaria isso por nenhuma sinopse. Esse aluno achou que tinha que ser meu colaborador na novela ou criaria problemas. Tentou criar, mas não conseguiu", disse ele, revelando como resolveu a situação: "Todos os (26) alunos voltaram a assinar um documento, inclusive com cláusula de confidencialidade. O tal aluno problemático foi um dos primeiros a assinar. Está tudo certo, todo mundo assinou de novo, são 3 documentos que foram assinados por eles e fecham completamente a cessão de uso do material".

Aguinaldo, que já está no capítulo de número 18, também comentou a nova medida da emissora na preparação das novelas. "A TV Globo, com muita propriedade, quer que a novela estréie com boa parte já escrita. Isso é ótimo, evita atropelos de última hora, como atrasar capítulos, não ter o que gravar... Comigo nunca aconteceu isso, mas tem autor que faz. Sempre tive uma reserva de capítulos muito grande, que não entrego pra produção. Minha idéia é estrear com 80 capítulos", disse o autor, que ainda revelou a expectativa da emissora com a trama: "A TV Globo gosta muito da sinopse. Eles acham que a novela é muito boa e pode ser um sucesso".

Aguinaldo Silva no Altas Horas. Foto: Divulgação/Globo

De volta ao realismo mágico, Aguinaldo falou que a troca de olhares entre um gato, que será criado por computação gráfica, e o protagonista da novela será o indicativo do tom da trama: "Já no primeiro capítulo, eu entrego: Essa novela vai ser louca!". O autor confessou que pensou em Cauã Reymond para os dois papéis: “A certa altura, se transforma numa pessoa. Aí eu falei: 'o gato virar gato, então é o Cauã!'. Quem é mais gato que o Cauã? (risos) Não sei se ele faria o gato, se ele faria o protagonista ou se ele não faria".

Ainda sobre o elenco, Aguinaldo negou dois nomes ventilados na imprensa (Vera Holtz e Natalia do Vale) e confirmou a presença de Renata Sorrah: "Nazaré vai voltar sim. Ela não vai dizer ‘eu sou a Nazaré’. É outra pessoa, mas é a Nazaré".

O Sétimo Guardião, com direção artística de Rogério Gomes, tem estreia prevista para maio de 2018.





Comentários (4) Postar Comentário

BE comentou:

Essa novela promete, a volta do realismo fantástico e de novela passada no interior, parece ser bem louca mesmo. Vera Holtz é cotada para uma das próximas novelas das sete provisoriamente chamada de Anos Incríveis k estreia no segundo semestre de 2019 em substituição a Deus Salve o Rei. Cauã será o protagonista e fará par romântico com Marina Ruy Barbosa. O trio de vilas será formado por Lília Cabral ( Valentina Marsalla), Elizabeth Savalla (Minerva), Renata Sorrah (Nazaré Tedesco), que será ressuscitar em forma de homem por Valentina. Letícia Spiller viverá personagem cômica, uma vendedora fofoqueira k tem asas, esse papel era destinado a Cláudia Raia k foi parar na novela das sete Deus Salve O Rei, Vivianne Pasmanter será Rovanilda uma periguete ninfomaníaca uma espécie de Carminha de Caminho das Índias, Carolina Dieckmann é uma boazuda casada com Marcry Serrado juntos tem 4 filhos. Rivalina, Ronalda (Giovana Lancellotti), Neymara e um outro, o único filho homem sonha em ser bailarino para tristeza do pai, Flávia Alessandra fará par romântico com Milhen Cortaz k fará sua estreia na Globo, Luana Piovani será irmã de Lília Cabral, Vivianne Araújo será mãe de Marina Ruy Barbosa, Christiane Torloni é cotada para novela, Carolina Kasting está no elenco, Humberto Martins, Fábio Júnior reviverá o inesquecível Jorge Tadeu, o personagem que seduziu as mulheres e incomodou os homens em Pedra sobre Pedra. Bom é isso, o elenco está sendo escalado, Bianca Rinaldi e Paloma Duarte tbm são desejo do Aguinaldo, Leonardo Bricio tbm, pode ser a volta deles a Globo. Adriana Birolli tbm fará a novela ela sairá de Belaventura e voltará para Globo, Aguinaldo adoro ela.

BE comentou:

Cauã não quis fazer O outro Lado do Paraíso para não contracenar com sua ex-mulher Grazi Massafera no seu lugar entrou Sérgio Guizé que será um vilão, Carolina Dieckmann tbm recusou papel em O Outro Lado do paraíso foi destinada a ela a vilã Lívia mas ela nao pode fazer pq a novela será gravada no tocantins e ela mora em NY. Chay Suede será um vilão, a sinopse de O Sétimo Guardião o pessoal sabe mais coisa do que a de O Outro Lado do Paraiso, porque o Walcyr quer sigilo e vem divulgando aos poucos. Estréia em Maio de 2019 e as gravações devem começar em Março. Leonardo Bricio foi visto no projac não sei se fechou para a novela, Bianca Rinaldi pode participar, Paloma Duarte também, Leonardo Viiera tbm se ele não fechar com a Record.


beto respondeu:

Meu caro Be. me responda uma coisa Eva Wilma vai ou não vai participa de O Sétimo Guardião,ou seja essa noticia já foi confirmada pelo autor Aguinaldo Silva,aguardo seu retorno Be ok.É que sou muito fã dessa grande atriz que Eva Wilma!Gostaria muito de vê-la de volta ás novelas.



BE respondeu:

Sim vai a Joana Fomm não vai fazer e Eva Wilma vai fazer a novela no lugar dela.


Cida comentou:

Aguinaldo Silva já plagiou Dias Gomes pelo menos duas vezes: em Pedra sobre Pedra, "criou" a delegada Francisquinha, que tinha o mesmo perfil e pasmem, o mesmo bordão da personagem feita por Zilka Salaberry em O bem amado. Até a história da personagem era igual: Francisquinha tinha um marido delegado que por ser doente, ela tomava as rédeas da delegacia da cidade. Mesmo enredo de O bem amado. Aguinaldo também plagiou o Tony Carrado de Nuno Leal Maia em Mandala. O personagem falava errado igualzinho ao Giovanni Improtta de Senhora do Destino. E pasmem, como Tony Carrado, Giovanni era presidente de uma escola de samba. Ou seja, além de plagiar o mesmo universo de Dias Gomes, Aguinaldo Silva manda ver no plágio aos personagens. O problema é que os admiradores dele costumam ser novinhos, ou não ter memória.


BE respondeu:

Sim amore O Bem Amado é de 1973 eu nem existia ainda, Mandala tbm eu não era nascido, o Aguinaldo cópia sim do Dias Gomes mas ele parece ter rancor do Dias Gomes pq ele abandonou a novela Roque Santeiro, não quis mais escrever e o Aguinaldo assumiu a novela, depois quando tinha se tornado um fenômeno o Dias exigiu escrever o final da novela é o Aguinaldo k tinha escrito ela quase toda teve k entregar pro autor k resolveu reassumir a novela, o Aguinaldo deve ter rancor do Dias Gomes por isso ele cópia suas obras e outra ele gosto desse universo paralelo de realismo fantástico e novela centradas no interior ele quis continuar fazendo assim, o Dias escreveu Mandala k não tinha nada de realismo fantástico, o Dias não quis mais explorar isso é o Aguinaldo resolveu explorar e dar continuidade ao tema.



Cida respondeu:

BE você está desinformado. Dias Gomes continuou com o realismo fantástico depois de Mandala. Foi a novela O Fim do Mundo, recheada de realismo fantástico.



BE respondeu:

O Fim do Mundo foi originalmente concebida no formato de minissérie mas como as gravações de O Rei do Gado estavam atrasadas resolveram lançar como novela das 8


Angelo comentou:

É engraçado, como antigamente um autor trabalhava sozinho, ou ao menos trabalhava com dois colaboradores no máximo. Hoje, muitos ainda trabalham assim... Agora esse senhor precisa de uma classe pra poder criar uma obra. É como dizer: não sei fazer e peço ajuda aos universitários kkkkkkkk

Veja também