O Planeta TV

"Insensato Coração": Léo é espancado e quase morre

por jeferson, em 25/02/2011

"Insensato Coração": Léo é espancado e quase morre
Foto: Divulgação - Rede Globo

Norma (Gloria Pires) ainda não saiu da cadeia, mas Léo (Gabriel Braga Nunes) já vai receber seu primeiro castigo. O malandro descobre que Afrânio (Nelson Diniz) fechou o galpão onde produzia os caça-níqueis e sumiu com seu dinheiro.

Decidido a reaver sua parte, Léo vai atrás do "sócio". Enquanto isso, Tia Neném (Ana Lúcia Torre) conta a Raul (Antonio Fagundes) que Léo não trabalha com Umberto (José Wilker). O empresário, então, segue o filho e o encontra nos fundos de um cassino clandestino, com Afrânio e seus comparsas.

O bandido fica ainda mais revoltado com a interferência e manda na cara de pau: "Não tem mais grana nenhuma pra você, playboy. Eu não vou com a tua cara, não te quero de sócio".

Depois de uma pequena discussão, Afrânio ordena que seus capangas levem pai e filho para um terreno baldio próximo ao local. Lá, um dos elementos do bando aponta uma arma para a cabeça de Raul enquanto o resto do grupo dá uma surra de tirar o couro de Léo.

E de nada adianta os apelos do patriarca, pedindo que o troquem de lugar com o filho. Eles só param de bater no rapaz quando este cai, desacordado, com a cabeça em cima de uma pedra. Para fechar, ainda dão uma coronhada em Raul, que também desmaia.

Ao acordar, ele se desespera ao ver o estado do filho, chama uma ambulância e telefona para Wanda (Natália do Vale). No hospital, o casal é informado pelos médicos de que Léo pode ter tido traumatismo craniano. Durante um tempo, o safado fica em coma induzido. Mas acaba escapando com vida.

"Insensato Coração", de segunda a sábado, após o "Jornal Nacional".

Com informações da Revista Minha Novela.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também