O Planeta TV

A audiência do primeiro capítulo de Os Dias Eram Assim

Globo perde público com estreia de supersérie.

por Redação, em 18/04/2017

Renato Góes e Sophie Charlotte. Foto: Globo

De um lado, a leveza da rotina. Do outro, o peso da repressão. As primeiras cenas de Os Dias Eram Assim uniu estes dois aspectos de um período conturbado da nossa história ao misturar imagens reais do Brasil dos anos 70 e 80. A supersérie, também conhecida como novela das onze, é escrita por Angela Chaves e Alessandra Poggi e tem direção artística de Carlos Araújo. Ambientada no Rio de Janeiro, a produção mostra a vida de pessoas comuns e seus amores afetados pelo contexto histórico do Brasil na época. E de como este momento foi capaz de interferir em vidas, sonhos e histórias de amor.

O primeiro capítulo de Os Dias Eram Assim usou a ditadura militar como pano de fundo para contar a história de amor de Alice (Sophie Charlotte) e Renato (Renato Góes). O episódio alcançou 23 pontos de audiência, segundo dados consolidados do Ibope apurados na Grande São Paulo. Na semana passada, com Big Brother Brrasil, a Globo marcou 34 pontos. Cada ponto equivale a 70,5 mil domicílios na capital paulista. 




Comentários (9) Postar Comentário

BE comentou:

Direção muito boa, trilha sonora impecável mas não me conquistou. Pode ser que eu mude de opinião mas não curti, as personagens de Natália do Valle e Suzana Vieira são intragáveis, a Natália do Valle não faz algo relevante na televisão desde a Wanda de Insensato Coração em 2011, o mais do mesmo que ela sempre faz, a mãe controladora, não sei porque endeusam tanto essa mulher. A personagem da Suzana (Cora) é intragável, é a Suzana interpretando ela mesma, gostei da Sophie acho que deveriam mudar o nome Alice de novo em Babilônia ela também era Alice, poderia ser Marina, Clara, Isabel e o Renato Góes que é o protagonista ainda não encontrou o tom do personagem, o Gabriel Leone está perfeito e ofuscou o Renato, o Antônio Calonni também está perfeito, é um grande ator, posso mudar de opinião mas não me empolgou, pelo menos nessa estréia.


Helena de Assis respondeu:

Queridinha, até o Nilson Xavier do UOL elogiou a atuação de Natália do Valle no primeiro capitulo. Só você achou intragavel. Deve ser recalque. Smack



BE respondeu:

Não querida opinião é igual c* cada um tem a sua senão gostou não estou interessado na sua opinião, Natália do Valle interpreta sempre as mesmas, mães controladoras e mulheres mal amadas por isso chamam ela sempre pra fazer isso porque ela tem tino para coisa, não é recalque amor é verdade xoxo


Barão comentou:

Absurda essa comparação com os números da reta final do BBB. Óbvio que não repetiria 34 pontos, já que nem a novela das 21h deu isso ontem. A comparação deve ser com as antecessoras do horário.

Noveleiro comentou:

Não sei pra quê intitular de Supersérie. Isso é um novelão com vilões que vão atrapalhar o casal protagonista.Era só chamar de novela da 11 mesmo.


BE respondeu:

Pelo jeito desistiram de novela das 11, Supersérie porque terá uma grande quantidade de capítulos, no caso usam minissérie para uma produção de 1,2 semanas no máximo, nos anos 2000 as minisséries duravam até 3 meses, a última série foi Justiça e teve duração de 1 mês, essa supersérie deve durar entre 3 a 4 meses e querem alçar o público que assiste as séries da NetFlix, do canal HBO.


Televisivo comentou:

Eu gostei, mas não me impressiononou. A direção é caprichada, detesto aquelas faixas pretas, para dar cara de filme. As interpretações estão boas e o texto é bacana.
Vou esperar as duas próximas semanas, para ver se continuo ou não. Até o momento, "Liberdade, Liberdade", "O Astro" e outras, me chamaram mais atenção.
Em tempo, adoro a Natália do Valle (lindíssima) e Susana Vieira, sempre afinada em cena.

Marcos comentou:

Comparação absurda nenhuma novela das 23 hs alcançaram 34 pontos e olha que teve grandes sucessos,exemplo disso é Verdades Secretas.

Vicente comentou:

Bem feitinha e com qualidade impecável como tudo o que a Globo faz, porém, parece que quando se trata dos anos 70, período da ditadura e tal eles só sabem contar a mesma história. Até a maneira dos protagonistas se conhecerem é sempre a mesma... Isso sem falar na final da Copa de 70.

Igor comentou:

Como deveriam ter comparado:
Os dias eram assim : 23
Liberdade, liberdade : 27
Verdades Secretas : 23
O Rebu: 24
Saramandaia : 27
Gabriela : 30
O astro : 28

José Ricardo comentou:

Assisti pelo GloboPlay antes de ir ao ar. É incrível a qualidade técnica, em âmbito textual, visual ou sonoro desta obra. E que elenco! Como é bom e excitante ver a grandiosa e magnânima Natália Do Valle em um papel quase que escrito para o seu gigante talento. Há tanto tempo a Globo vinha aproveitando-a de maneira secundária... Dessa vez ela está no seu lugar: roubando a cena para si e mostrando sua capacidade diversificada e diferenciada de dama da atuação. Amei a novela ou super série do início ao fim do capítulo.

Fabiana Medeiros comentou:

Tecnicamente esta otima porem historia repetitiva atores repetidos sem expressões.
• Nudez claro para chamar atenção das Gays e Donas de casas afoitas por safadeza.
• Passa longe da realidade da época da ditadura, outro ponto tudo acontece no Rio de janeiro? Fala serio a ditadura so existiu la?
• Nunca vai chegar num patamar de uma serie do Netiflix ou qualquer uma americana, uam cena de greys anatomy acaba com um capitulo todo das produções da globo.
• Quem paga para ter este aplicativo da globo realmente não tem amor ao seu dinheiro, muda de vida pois isso é atraso.


Higor respondeu:

Síndrome de vira lata detectada.netflix é ótima mas também produz série ruim como a boba santa clarita diet


Veja também