O Planeta TV

As 20 Melhores Performances do The Voice Brasil

Quais as performances dignas do Selo Liah Soares de Qualidade?

Por: Daniel Melo - Contato: [email protected]

Por mais que os pontos negativos do The Voice Brasil sempre venham a tona, devemos sempre ser gratos por todos os momentos incríveis que o programa já nos proporcionou. Para vocês terem uma noção, antes de chegar à essas 20 performances, fiz uma lista preliminar com 71 PERFORMANCES e entre essas apenas as que eu lembro de cabeça! Ou seja, não há prova maior de que o The Voice Brasil merece sim ter seu passado lembrado de vez em quando. Então, como temos 20 performances para relembrar, vamos a elas:

Obs: Graças à grande imbecilidade da Globo de não disponibilizar os vídeos de apresentações para plataformas como o Youtube, por exemplo, estes não se encontram mais no site do programa e muito dificilmente serão encontrados por aí. Aos que estiverem MUITO afim de ver essas performances, sugiro baixar os episódios por torrent (o meio mais fácil de baixar episódios) e assistir. SHAME ON YOU, REDE GLOBO!

20) Disritmia (Martinho da Vila) - Bruna Barreto

Temporada: 2

Fase: Audições

Time: Lulu

Sempre fui fã de um bom samba e até mesmo meus comentários deixam isso muito bem explícitos e por isso levei um dos maiores choques da minha vida em um reality musical ao perceber essa versão rock de uma música do Martinho da Vila. Misturar samba e rock em uma apresentação tão bem calculada e equilibrada não é para qualquer um e Bruna Barreto o fez com maestria

19) João de Barro (Leandro Leo) - Thalita Pertuzatti & Juliana Gomes

Temporada: 1

Fase: Batalhas

Time: Milk

Uma das batalhas mais lembradas pelos órfãos da 1ª temporada do programa é “João de Barro”, pelo absolutamente incrível show de poderio vocal dado aqui por Thalita Pertuzatti na sua oponente. Ouso até a dizer que “João de Barro” foi o primeiro grande massacre em uma batalha na história do programa. Juliana ainda tentou virar o jogo, mas depois daquela nota final de Thalita o destino da menina já estava selado e a jornada de sucesso de Thalita no programa, escrita nas estrelas!

18) Verdade (Zeca Pagodinho) - Ju Moraes

Temporada: 1

Fase: Final - Rodada 2

Time: Milk

Torci por Ju Moraes durante boa parte da temporada, mas foi na final que a cantora foi fazer as suas duas melhores performances e uma delas foi “Verdade”, um sambinha absurdamente delicioso. Foi a maneira perfeita de encerrar uma trajetória quase perfeita no programa, que fez jus a sua presença de palco, seu estilo único diante dos demais candidatos da temporada e, claro, sua linda voz.

17) Força Estranha (Caetano Veloso) - Thalita Pertuzatti

Temporada: 1

Fase: Audições

Time: Milk

Thalita foi minha terceira paixão a primeira vista no The Voice Brasil. E foi com a batidíssima “Força Estranha” que ela nos chamou a atenção com a sua excelente extensão vocal. O gospel americano e brasileiro encontra em Thalita um ponto em comum e a sua intensidade faz ser impossível de desviar os olhos dela! Uma baita de uma primeira impressão!

16) Right To Be Wrong (Joss Stone) - Rebeca Sauwen

Temporada: 4

Fase: Quartas de Final

Time: Brown

Rebeca vai ficar eternamente conhecida por mim como a menina do auto-tune natural, apelido dado pelo apresentador (e aspirante a jurado) Tiago Leifert, que caiu como uma luva para caracterizar a voz de Rebeca. E com uma escolha musical absolutamente incrível, afinal não é todo dia que vemos Joss Stone em um reality musical, ainda mais no Brasil; Rebeca mostrou o porque que ela era provavelmente a melhor vocalista da temporada junto com Renato Vianna. Rebeca não chegou na final do programa, mas deixou a sua marca estampada para que todos pudessem conhecer o seu trabalho.

15) Me Adora (Pitty) - Maria Christina

Temporada: 1

Fase: Top 24

Time: Lulu

Acho que sou um dos poucos que torciam por Maria Christina desde os tempos do Ídolos, e foi nessa performance que pudemos ver uma mudança de atitude da cantora no palco. Maria Christina sempre se destacou por ser vocalmente delicada e visualmente forte. Com “Me Adora”, Maria Christina chegou no palco com uma força absurda. E eu só posso concordar com as palavras cantadas por ela: “Te adoro e te acho foda!”

14) Mercedes-Benz (Janis Joplin) - Tabatha Fher

Temporada: 4

Fase: Rodada de Fogo

Time: Milk

A 4ª temporada do programa foi lastimável, mas ainda assim nos rendeu coisa boa. E “Mercedes Benz” foi uma delas. Tabatha pegou todos de surpresa ao fazer uma escolha de repertório tão inusitada para uma cantora que até então estava mais para Maria Gadú que para Janis Joplin. A surpresa foi muito bem-vinda e culminou na minha performance favorita da temporada. As modulações vocais feitas por Tabatha, o lado mais agressivo da sua voz, bem próximo do rock internacional mesmo, foi absolutamente incrível. Ainda assim, nem essa incrível performance foi suficiente para fazer Cláudia Leitte parar de se sabotar e escolher levar a cantora para a próxima fase e Tabatha foi eliminada depois desse show.

13) A Menina Dança (Os Novos Baianos) - Ju Moraes

Temporada: 1

Fase: Final - Rodada 1

Time: Milk

Quando me perguntam qual o principal diferencial de Ju Moraes dentro do nicho do samba, eu respondo imediatamente: Ju canta com o corpo inteiro. Sua movimentação no palco falam muito mais sobre a artista que ela é do que as nota atingidas por ela enquanto canta. Talvez a melhor escolha musical de Ju na temporada, deu a ela seu melhor desempenho no programa, que combinou tudo o que a cantora sempre vendeu: carisma e competência. Se um dia alguém quiser conhecer o trabalho de Ju Moraes, essa performance é a porta de entrada.

12) Não Enche (Caetano Veloso) - Karol Cândido & Ludmillah Anjos

Temporada: 1

Fase: Batalhas

Time: Brown

Sem medo nenhum de represália por parte de leitores xiitas, afirmo que “Não Enche” é a batalha mais divertida da história do programa (quiçá entre todas as franquias). A principal qualidade dessa batalha é ter deixado os vocais em segundo plano sem de fato o fazer. Como não lembrar de Karol e Ludmillah batendo cabelo, e as danças triloucas de Karol? Absolutamente incrível, do começo ao fim!

11) Ideologia  (Cazuza) - Kim Lírio

Temporada: 3

Fase: Final

Time: Daniel

Kim Lírio depois que começou a cantar em inglês na temporada caiu em qualidade absurdamente, mas conseguiu dar a volta por cima justamente na final. “Ideologia” conseguiu ter um arranjo que representava tanto o rock nacional como o internacional defendido por Kim. Uma das grandes performances da 3ª temporada e uma das mais subestimadas do programa.

10) As Rosas Não Falam (Cartola) - Liah Soares

Temporada: 1

Fase: Audições

Time: Daniel

Liah Soares foi a primeira candidata do programa por quem me apaixonei instantaneamente. A releitura dela de “As Rosas Não Falam” é digna de DEZ, NOTA DEZ, por toda a criatividade, originalidade e competência que cercam tudo que Liah faz. Uma das músicas mais belas da história da música brasileira, contemporaneizada por a maior (e melhor) artista que já passou pelo The Voice Brasil. Simplesmente não há como não se apaixonar por essa audição. Eis aqui, o momento em que Liah Soares se tornou a finalista do Time Daniel na 1ª temporada.

09) When I Was Your Man (Bruno Mars) - Sam Alves

Temporada: 2

Fase: Audições

Time: Milk

Sam Alves chegou no The Voice Brasil como o candidate que cantou no The Voice Americano e não virou nenhuma cadeira, mesmo fazendo uma audição bem acima da média lá. Ao chegar no palco do programa, Sam automaticamente já era um dos principais destaques do programa e conseguiu fazer com “When I Was Your Man” uma audição que era ainda melhor que “Feeling Good”. Sam demonstrou uma extensão vocal impressionante e uma afinação absurdamente impecável. Seus melismas e o seu falsete eram absolutamente perfeitos, e tanto as notas mais baixas quanto as mais altas foram primorosamente atingidas e executadas. Não tinha como não se impressionar com o agudo final dado pelo cantor, que virou as 4 cadeiras dos técnicos e foi, como ele mesmo disse, “abraçado pelo seu país” naquele momento. Definitivamente uma performance brilhante e necessária em toda lista do programa.

08) Bilhete (Ivan Lins) - Millane Hora & Karina Duque Estrada

Temporada: 3

Fase: Batalhas

Time: Milk

A melhor batalha da 3ª temporada pode não ter sido a melhor performance do terceiro ciclo, mas definitivamente foi o melhor vocal visto nessa temporada. Tanto Karina quanto Millane, à sua própria maneira e intensidade conseguiu passar toda a angústia, a melancolia misturada com até mesmo o macabro descaso pelo qual passaram. Não há um simples momento nessa performance que não seja digno desse Top 10! E é por performances assim que me fazem perceber que por pior que tenha sido, a temporada valeu a pena!

07) Olhos Coloridos (Sandra de Sá) - Junior Meirelhes

Temporada: 1

Fase: Top 36

Time: Daniel

Junior Meirelhes sempre foi para mim um candidato que quase consegue fazer uma boa performance. Até que um dia ele cantou “Olhos Coloridos” e tudo mudou! Tudo que Júnior não mostrou nas batalhas ele mostra nessa excelente performance. A característica rouquidão precisa é apenas um motivo para dizer que o cantor acerta em tudo o que fez, criando uma interpretação contemporânea e carregada de energia, sem sacrificar em momento algum a performance vocal. Com essa performance, Junior entrou para o seleto grupo de candidatos excepcionais que já passaram pelo programa.

06) Minha Alma (A Paz Que Eu Não Tenho) [O Rappa] - Cecília Militão

Temporada: 2

Fase: Tira-Teima

Time: Daniel

Cecília nunca foi minha favorita na 2ª temporada do programa. Odiei sua audição e odiei sua batalha, mas depois dessa apresentação, tudo foi perdoado. Sem dúvida um dos grandes momentos vocais da temporada e porque não, emocionais também. Cecília não estava ali no palco contando uma história, ela estava vivendo uma história e foi essa entrega desesperada (num bom sentido), que contribuiu para que essa performance fosse uma das melhores da história do programa.

05) A Carne (Seu Jorge) - Krystal

Temporada: 2

Fase: Tira-Teima

Time: Milk

Na 2ª (e na 3ª,na 4ª...) temporada, falou-se muito sobre as influencias americanas na nossa música. Daí entra no palco (e ainda por cima no Team Milk, o time mais pop) uma representante da brasilidade que muitos pediam do programa. Essa música do Seu Jorge possui uma das letras mais densas já vistas no programa e Krystal conseguiu apenas agregar valor com a sua poderosa interpretação em um número absolutamente arrebatador! Krystal foi naquele momento a grande voz daqueles que não possuem voz! E apesar de não ter vencido, ou mesmo chegado na final, Krystal continua sendo um dos maiores nomes que o programa já teve. E tudo devido à essa performance.

04) Taj Mahal (Jorge Ben Jor) - Ellen Oléria

Temporada: 1

Fase: Final - Round 2

Time: Brown

A performance final de Ellen Oléria na 1ª temporada só fez confirmar aquilo que todos já sabiam: que a vitória era dela desde a sua audição. Mas a maior qualidade de Ellen foi nunca ter se acomodado em face da sua popularidade. Em nenhum momento, a cantora deixou a peteca cair ou fez uma performance que fosse menos “excelente”. Apesar de eu naquela final específica estar torcendo por outra finalista (já chegaremos à ela), não posso nem pensar em questionar a vitória de Ellen e a sua coroação como a primeira vencedora do programa.

03) A Thousand Years (Christina Perri) - Sam Alves & Marcela Buenno

Temporada: 2

Fase: Batalhas

Time: Milk

https://twitter.com/christinaperri/status/398894897794543616

Temos aqui a melhor batalha da história do The Voice Brasil. E vou ser sincero aqui e dizer que apesar de Marcela ter sido o ponto de sustentação para o seu parceiro na batalha, foi o campeão Sam Alves que realmente foi o responsável por fazer dessa performance a lenda que ela é entre os fãs do programa. A apresentação foi tão boa que até mesmo um elogio da própria Christina Perri ganhou (segue o link acima para quem não acreditar). “Esse foi o meu cover favorito de ‘A Thousand Years’ até hoje. Parabéns!”. “Essa batalha consegue competir de igual para igual com qualquer apresentação de qualquer The Voice pelo mundo afora - e provavelmente vencer” é o comentário que chega mais perto de dar dimensão à grandiosidade dessa apresentação.

02) Zumbi (Jorge Ben Jor) - Ellen Oléria

Temporada: 1

Fase: Audições

Time: Brown

Essa performance é mais conhecida como o momento em que Ellen Oléria ganhou a temporada nos primeiros 40 minutos da temporada. Com uma voz desse tamanho, foi impossível não apreciar todo o talento de Ellen Oléria, que interpretou esse clássico de Jorge Ben Jor com uma facilidade absurda.  Essa mulher é cantora de verdade, é música de verdade, é artista de verdade. E foi muitíssimo digna de ser a primeira (e melhor) campeã do programa. Ellen, tal como Krystal, não cantava por si, mas por toda uma multidão expondo toda uma cultura que para muitos ainda se encontrava escondida. Orgulho de ter presenciado o trabalho de Ellen Oléria.

01) Asa Branca (Luiz Gonzaga) - Liah Soares

Temporada: 1

Fase: Top 24

Time: Daniel

Não teve jeito. 3 anos já se passaram e Liah Soares ainda é a única capaz de me encantar na frente da tela e fazer eu me apaixonar por qualquer coisa que ela cante, porque eu sei que será de qualidade. Liah é o tipo de artista que não se contenta em fazer covers de suas músicas, mas que busca criar versões próprias da músicas que canta e por isso sempre estará um passo a frente de muitos cantores do programa a meu ver. Mas foi com “Asa Branca” que Liah não apenas me hipnotizou como na sua audição, mas também me deixou boquiaberto em vista de tamanha qualidade musical e artística. É de artistas como Liah Soares que o Brasil precisa; artistas que não tem medo de dar a cara a tapa e mostrar sua identidade musical. Tenho a plena certeza que Luiz Gonzaga olha para baixo e sorri de orelha a orelha de tanto orgulho ao ver uma música sua em uma versão tão magnífica. O público do programa, assim como eu, não aguentou esperar o fim da apresentação e passou a aplaudir desde o meio da performance, tendo sido essa a única vez em que duvidei que Ellen Oléria levaria a temporada.

Uma verdadeira joia!

Menção Honrosa: Garota Nacional  (Skank) - Gabriel Levan

Temporada: 1

Fase: Top 36

Time: Lulu

Gabriel sempre foi o tipo de participante que pecava pelo excesso em suas performances. Com essa música, porém, o menino dos olhos de Lulu Santos da 1ª temporada conseguiu se controlar perfeitamente e fazer sua melhor performance da temporada. O que mais chamou aqui a minha atenção é que Gabriel conseguiu se manter fiel à melodia da música sem deixar de lado seu jeito excêntrico (vamos dizer excêntrico para sermos politicamente corretos, certo?).

Bem pessoal, claro que tenho uma lista de candidatos que partiram meu coração por nãos serem mencionados nessa lista, mas os cortes foram brutais para mim! Entre eles: Carla Casarim, Lui Medeiros, Renato Vianna, Mira Callado, Dani Montuori, Rafah, Bella Stone, Marquinho Osócio, Késia Estácio, Lucy Alves, Pedro Lima, Rubens Daniel, Luana Camarah, Dom Paulinho Lima, Rose Oliver, Negra Mary, Pedro Eduardo, Franciele Karen, Brícia Helen, Deena Love, Lívia Itaborahy, Nathalie Alvim, Luana Fernandes, Kall Medrado, Marcos Lessa, Gabby Moura, Alessandra Crispim, Carol Marques e Nayra Costa.

Uma parte de mim gostaria de deixar uma performance de cada cantor aqui para que todos pudessem fazer parte, mas aí meu coração de fã ficaria ainda mais apertado. Ainda assim, espero não ter esquecido nenhum grande nome na (s) (duas) lista (s) acima! Muito Obrigado por tudo que vivemos nesse espaço durante esses dois anos! Um feliz 2016 a todos vocês! E até o Superstar!





Comentários (16) Postar Comentário

Patrick Leão comentou:

Esqueceu da Nono Lellis rs
Esse teu ranking provou mais que tudo que passaram MUITOS artistas talentosíssimos no The Voice e ponto de serem lembrados eternamente pelos fãs do programa. Como sou fã de "bate cabelo" a batalha de Karol e Ludmilla cantando "Não Enche" é imbatível, minha preferida de todas as batalhas do programa, impossível não querer dançar com elas, foi muito massa. Realmente Liah é imbatível, era a minha preferida na primeira temporada e foi a que eu mais torci e de uma certa forma super aceitei a derrota dela. Adorei seu ranking e super concordou de "Asa Branca" ser a melhor performance do The Voice Brasil.
Bom Daniel, um feliz ano novo e que Deus toque no seu coração de não nos deixar na próxima temporada do The Voice, certeza que vc vai voltar pra comentar o The Voice rs.
Abraços e até o Superstar

Rubens comentou:

Olá, gostei muito do ranking..
Mas tem algumas participações que não estão na lista, mas achei incríveis:
Bella Stone cantando 'Feeling Good'
Nando Motta e Rafael Furtado cantando 'Eleanor Rigby'
Deena Love e Lui Medeiros cantando 'Lately/Nada mais'
Allice Tirola cantando 'Skyfall'


Eliseu respondeu:

Poderia criar uma matéria, não? Super concordo contigo!


Alex comentou:

Morto que a alicce e a carla nao estao nesta lista

Gabriel #TeamRicky comentou:

Daniel, lista muito boa, muito. Faltou alguns nomes que eu gosto, mas tudo bem. Tivemos muita coisa boa. Mas quero agradecer por você colocar "A Carne" nessa lista. A letra dessa música é forte, é um grito de revolta, um hino.

A partir do momento que Khrystal fala "o cabra aqui não se sente revoltado" me lembro que fiquei arrepiado, levantei do sofá e aplaudi Khrystal de pé. Ela usou muito bem o que Milk disse no ensaio: ir pra frente, questionar, chamar o público. Enfim, perfeito. Pra mim essa música é a melhor de todas as temporadas e acho difícil de ser superada. Foi lindo, emocionante. Vejo essa performance sempre. Outra coisa nessa apresentação: perfeita a conexão de Claudinha com Khrystal praticamente como um "maestro", perfeição total.

Daria menção honrosa à Luana Camarah e sua Highway The Hell, a batalha entre Rafael Furtado e Nando Motta com Eleanor Rigby e Ju Moraes cantando "Amado" (aliás, tudo de Ju Moraes foi maravilhoso também né).

PS: 9 apresentações do Team Milk. Melhor time e melhor coach, sim ou claro?

All comentou:

1° Temporada a melhor de todas!!
Não só fã de samba, mas amo tudo que Ju Moraes canta e dança, ela é demais!
Ellen Oléria e Liah Soares tb arrebetaram.
Agora a melhor apresentação e mais marcante pra mim foi a de Krystal com A Carne! Depois que ela saiu eu nem quis mais assitir nada do the voice, nem nas outras temporadas me chamaram a atenção.

Kelane ✨ comentou:

Como assim não tem Renato Vianna?

Adriano Gonçalves comentou:

Faltou Gaby moura e Amanda amado cantando "é o tempo" mas, mesmo assim a lista está ótima principalmente pq o meu cantor está na lista: Sam Alves,heheh

Catarina comentou:

Faltou Bruna Góes com aquele vozeirão lindo!!!

João Victor comentou:

Faltou Try - Cecília Militão e Vivian Lemos e Let it be - Carol Marques

Socorrinha Fonteles ID comentou:

Só tem um nessa lista que amo de coração e tem a voz mais linda que já ouvi na vida.... Sam Alves, e nada mais....

Veja também